sexta-feira, agosto 03, 2012


Filhos, a arte da paciência e da emoção

Mamães e vaidosas, como vão?

Quem é mãe, vai concordar comigo e lembrar de alguma situação aí.

Meu filho completou 01 ano e 11 meses e está na super fase da descoberta. Aquela fase em que a curiosidade aguçada faz subir na cadeira, na mesa, subir escada sem medo, montar e desmontar a casa e querer mais. Um segundo de descuido é o suficiente para o próximo roxo. E o nosso coração? Eu já nem sei mais como estou viva e respirando. rs 
O susto se repete diariamente e nos dá uma habilidade antes inexistente ou não trabalhada de sair voando, de reflexo, de prever e agir numa velocidade que só a gente sabe. Toda e qualquer paciência é pouca. Não digo no sentido da raiva e sim pela fase. Eles estão descobrindo o mundo e precisamos guiá-los da melhor forma. Passar segurança, não criar medos e paradoxos para que sejam crianças normais. Com uma infância bem vivida e sem traumas.
Eu sou super medrosa, não posso ver sangue e essa fase passou a ser de superação pra mim. Eu converso o tempo todo com Eduardinho, por vezes acho que o sufoco, mas mãe coruja é assim mesmo. 
Não imaginava ter tanta fibra e coração pra passar por tanta situação de susto e medo. rs

Fico imaginando as mamães de gêmeos, trigêmeos. Elas são de verdade?

Quem tem experiência pra compartilhar conosco?

Mamães, mandem seus relatos para publicarmos aqui. O que acham?

Gostaria muito de conhece-las melhor e aprender com cada uma de vocês!
Beijos

19 comentários:

  1. Meu sonho é passar por essa experiência!
    Mas se Deus quiser, um dia meu dia chega! Meu afilhado me apornta cada uma e já quase ranco meus cabelos, tanto de estripulias, tanto de coisa fofa, como ouvir o primeiro eu te amo!
    Quero muio sentir como é ser Mãe...
    Um diaa....se Deus quiser!
    Bjos flor ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari
      Obrigada pelo lindo comentário.
      Ser mãe é tudo na vida. Você vai ter a oportunidade e vai passar por tudo que passo rsrsrsrs
      Deus está preparando tudo pra ti!
      Beijosssss
      Deus te abençoe

      Excluir
  2. Ahhhh minha mãee sofria muito comigo ..
    Eu era a caçula da vizinhança e fazia tudo
    o que os mais velhos faziam,
    inclusive, aos 4 anos, apostar corrida de bicicleta
    em uma rua sem asfalto, às 9 da noite
    E acabar levando 4 pontos na testa..rs

    Eu subia em árvore, pulava muro e vez ou outra eu fugia de casa,
    Arrumava umas bonecas numa toalha e fugia
    ée.. eu fugia pra casa da minha madrinha,
    que por acaso era minha vizinha..rs

    Euu era feliiiiiiiz e sabiia ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fany de Deus, se fosse minha filha eu já teria capotado rsrsrsrsrs.
      Dio Santo, meninaaaaa, me deixou com o coração na mão, imagine a sua mãe na época. Nem dormia.
      Menino, normalmente, é mais agitado. Mas você não ficava pra trás eheheheh.
      Como é bom ser criança, né?
      Obrigada pelo comentário lindona.
      Deus te abençoe,
      Beijos com muito carinho

      Excluir
    2. hahaha ... pooxa eu era tão quietinha .. kkkkkkkkk
      Já rasguei o braço e a panturrilha, e jogando bola,
      Quase volto pra casa sem o dedão. rsrs
      Maaaaaaaaaaaas... a minha mãe sempre foi super atenciosa,
      Calma, e cuidava, e CUIDA, de mim como ninguém.
      E espero que o Eduardinho não seja tãaaaaao arteiro quanto eu fui,
      para o seu bem.. kkkkkkkkkkkkk

      Bjos Ediii, pra vc e pro Eduardinho

      Excluir
    3. Meu Deus Fanyyyyyy
      Agora fiquei de queixo caído.
      Na boa, eu desmaiaria kkkkkk
      Jesus, como vc foi levada!!! rsrsrsrsrs
      Sua mãe é uma Santa!
      Bjsssss

      Excluir
    4. Hahaha que nadaa.. você ia saber tirar de letra, feito minha mãe ;)

      Mãae tem esse dom, esse amor, esse jeitinho de cuidar da gente
      Como quem cuida de seu próprio coração !

      Excluir
    5. Fanyyyyyyyy menina, eu acho que sua mãe merece todo o amor e presentes do mundo. ahahahahahahah
      Mãe é um ser inigualável mesmo rsrsrsrs......
      Beijossss

      Excluir
    6. Elaa merece siiiiim Edi .. sempreee *-*

      Excluir
  3. Edi que lindo ver seus relatos sobre seu filhinho, alias até imagino as situaçoes que eu vou passar igual a vc, queria tanto compartilhar minhas experiencias, mais ainda nao sou mamae.
    Imagino que as maes de trigemeos ou gemeos sao as verdadeiras super heroinas ;) Adoro é muito amor, seu blog é especial demais, pelas coisas que aprendo sobre os pinpolhos adoro!! um beijo no seu coração ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thati, meu anjo.
      Tudo bem?
      Fiquei muito feliz com o seu comentário.
      Pode ficar tranquila, porque terá muitas experiências pra compartilhar com a gente.
      Mães de gêmeos e trigêmeos, tem assento especial na ascensão divina ahahahahah.
      Eu não entendo como elas conseguem rs

      O meu blog é feito com amor, para pessoas do bem!
      Super beijosss
      Deus te abençoe, sua linda!

      Excluir
  4. não tenho filhos ainda, mas minha mãe era bem assim mesmo comigo :D acho que é normal ter um pouquinho de medo e ficar apreensiva né :D

    bom final de semana!
    http://theredlilshoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Liz
      Boa Noite!
      É normal sim!
      Mãe tem amor e sentimento Universal! rsrsrsrs
      As experiências são muito próximas, senão iguais.
      E aguenta coração. rsrsrsrs

      Beijos e obrigada por comentar sempre, linda minha.
      Deus te abençoe

      Excluir
  5. Ainda não sou mamãe, mas acho que tenho um instinto materno apurado. Já vivi umas situações destas de reflexos e proteção com algumas crianças. Aliás, adoro crianças e quero muito ser mãe de um menino, mas só daqui a alguns anos porque me considero muito novinha ainda! rs
    Imagino o "sofrimento" que deve ser passar por essa fase... eu não posso ver uma criança descendo escada sem corrimão, se pendurando em grade, dentre outras estripulias, que já fico agoniada. Imagina se for um filho meu!
    Mas acredito que com o tempo, ficamos habituadas. Se a gente parar pra pensar nas quedas que teve quando era pequena, né? :)

    Abraços, e espero que aproveite bastante seu baby! Minha mãe sempre diz que é a melhor fase haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa Noite Dayane
      Tudo bem?
      Obrigada pelo comentário.
      A mulher nasce com o instinto materno e depois que torna-se mãe ele fica ainda mais aguçado. Viramos verdadeiras feras. rsrsrs
      Isso mesmo, aproveite tudo que puder antes de se tornar mãe. Depois a sua vida é completamente dedicada ao filho e família.
      Deus vai te abençoar com um lindo menino.
      E aguenta coração. É tudo que eu disse no post e mais um pouco. rsrsrsrsrs
      Beijos linda
      Deus te abençoe

      Excluir
  6. Olha, eu ainda não tenho filhos, espero ter essa benção de tê-los (planejo 2), ahahaha...
    Mas confesso que acompanho de perto algumas amigas que já são mães e eu penso:
    "Nossa, como elas conseguem?"
    Mas deve ter uma lado mágico nisso tudo e não desanimo, QUERO SER MÃE, EM BREVE!

    ResponderExcluir
  7. Olá Nat, tudo bem?
    Claro que é abençoada! Nascer mulher é benção!!!
    Olha, as vezes parece que vamos surtar, aí o pequenino faz uma arte, te enche de beijocas, e você recomeça do zero!
    kkkkk
    Beijosss

    ResponderExcluir
  8. poxa.. que pena que não tenho filhos, não é a hora mas, sei que no dia que tiver que vim virá!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deus sabe a hora e o lugar, não se preocupe Berta!
      Super beijos

      Excluir

Obrigada por comentar! Em breve, retornaremos! :-)

 
Copyright 2013 Mamães Vaidosas por Edi Mariano