sábado, agosto 24, 2013


Cabelos - Tipos de coloração

Poucas mulheres sabem que cada tipo de coloração tem suas características e proporciona efeitos diferenciados aos cabelos. Por isso, na hora de mudar o visual e tingir os fios, deve-se saber escolher o tipo mais adequado e efeito esperado, evitando, assim, surpresas no resultado. A categoria de coloração pode ser dividida em quatro tipos: vegetal, composta, sintética ou metálica (progressiva). Conheça cada uma delas:

Sintética

É a mais conhecida, por ser indicada para todos os tipos de cabelos, além de ser utilizada em larga escala pelos profissionais e pelas mulheres que tingem em casa. Essa coloração pode ser dividida em temporária, semi-permanente e permanente. A diferença entre as três é a durabilidade do pigmento no fio.

- Sintética temporária: o corante é depositado sobre a cutícula dos fios, não permitindo que o pigmento penetre permanentemente. Exemplos: rinsagens e shampoos que removem o amarelado dos fios e que duram, em média, apenas seis lavagens.

- Sintética semi-permanente: popularmente conhecidas como tonalizantes, possuem o objetivo de neutralizar reflexos indesejados, cobrir de maneira discreta os fios brancos ou até mesmo realçar o brilho dos cabelos. O segmento masculino brasileiro está concentrado neste tipo de coloração, principalmente pelos atributos de tonalizar com discrição e devolver a cor natural dos cabelos aos homens. BIOCOLOR Homem é um exemplo disso, pois além de todos os benefícios citados acima, não avermelha os fios. O tempo médio de duração é de até 30 lavagens.

- Sintética permanente: pode clarear ou escurecer os fios de maneira efetiva e duradoura e é a mais utilizada em salões de beleza e pelas mulheres que fazem as mudanças de visual em casa. À base de amônia, colore a parte interna do fio devido à loção reveladora (água oxigenada), possibilitando maiores transformações e cobrindo completamente os cabelos brancos. BIOCOLOR, tradicional marca brasileira, é uma coloração permanente e está disponível em 35 nuances, que inclui a inédita coleção BIOCOLOR Glam, composta pelos loiros mais desejados do momento, e o inovador e exclusivo BIOCOLOR Kit Mechas. Além disso, a marca oferece às consumidoras todos os itens indispensáveis para colorir os cabelos em casa com segurança e praticidade, formando o kit mais completo disponível no mercado. 

O kit:

- Gel Protetor, que isola a pele do rosto, protegendo contra possíveis manchas causadas pelo contato com a coloração;

- Luvas profissionais permitindo melhor ajuste às mãos e melhor tato para facilitar a aplicação;

- Coloração com ativos de alta performance como o Luna Matrix, responsável por conferir um efeito tridimensional na cor dos fios e um menor desbotamento.

- Sache de Concentrado de Óleo de Frutas e Flores para deixar os fios perfumados e tratados;

- Quatro Saches de Máscara de Tratamento Intensivo para promover hidratação aos cabelos durante quatro semanas, permitindo um cabelo luminoso e hidratado por mais tempo.

Coloração Vegetal

É composta por corantes provenientes de plantas, que encapam o fio por fora, impermeabilizando-o. Esta opção é ideal para quem quer fugir de químicas e possui poucos fios brancos. O melhor exemplo de coloração vegetal é a henna. Apesar de ser inofensiva em sua maioria, seu uso requer conhecimento quanto à aplicação, pois se utilizada constantemente pode ter contra indicações.

Coloração Metálica

Também conhecida por coloração progressiva, é uma preparação que contém sais de chumbo, prata, cadmo, bismuto, níquel, cobre e estanho. Estes elementos combinam com o enxofre do cabelo, formando uma capa em torno do fio. Escurecem o cabelo progressivamente com a ação do oxigênio do ar, nas repetidas aplicações. Com esta coloração a pessoa não pode utilizar produtos para ondulação, descoloração ou tinturas que contenham oxidantes.

Coloração Composta

É a coloração que mistura sais metálicos com vegetais. É incompatível com amônia até o quarto mês de aplicação. Após este período, é recomendável a aplicação somente na raiz.

Já conheciam os tipos de coloração?

Comentem!

Beijos



28 comentários:

  1. Achei bem interessante.
    Vou procurar nas lojas.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  2. Nossa nem sabia dessas diferenças kkk Já usei essa tinta na cor preto azulado, gostei :)

    ResponderExcluir
  3. Minha relação com coloração é um pouco complicada :)
    Nunca quis mudar a cor dos meus cabelos.
    Minha sorte é q os brancos começaram a surgir beeeeemmm tarde.
    Mas aí é inevitável. E para minha "sorte", eles surgiram apenas onde faço a risca do cabelo. Aparecidos!
    Depois de usar tonalizantes, tinturas...O q mais me adaptei foi com a Inoa da Loreal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hummm, bom saber dessa linha, Soraya! Vou procurar a respeito :-)
      Obrigada!
      Beijossss

      Excluir
    2. É ótima para quem tem alergia. Ñ tem cheiro nenhum. Colore bem. Eu gosto. Pode ser usada até pelas grávidas, dizem. O problema é o precinho. Ela é mais cara q as tinturas comuns. Tb ñ sei se dá para fazer em casa. Acho q só no salão. Tem q saber aplicar e a retirar. Mas vale a pena. Eu recomendo ;)

      Excluir
    3. Que bacana! Ah mas vale a pena mesmo! Muito bom saber! Obrigada, So :-)
      Beijos

      Excluir
  4. Sou apaixonada por cabelos pintados.. dá um brilho danado, ou é impressão minha? hasuahsua pena que minha mãe não deixa eu pintá-los, acho lindo, se fosse pintar, pintaria de loiro, as pontas, um ombré hair!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhhh nemmmmm.... Não tem coisa mais bonita do que cabelo no tom natural. Tinta detona os cabelos!!!!! Sua mãe está certíssima!!!
      Beijos

      Excluir
  5. Nossa nunca ví isso,mas foi muito bom saber Edi...beijo

    ResponderExcluir
  6. post maravilhoso, eu aprendi isso no curso de cabeleireiro da embelleze. bjus linda!

    ResponderExcluir
  7. Já conhecia a marca, a primeira vez q pintei foi com ela e fiz um banho de brilho, ficou maravilhoso.Não sabia dessas novidades,hj só posso usar tonalizante, será q encontro da minha cor q é o preto azulado?

    ResponderExcluir
  8. Nao sabia da diferenca entre os tipo de coloracao, nem saia que existia a sintetica, sintetica temporaria, sintetia semi-permanente e permanente...
    Eu nao pinto meu cabelo talvez seja por este motive...rsrs....mas minha mae pinta e eu nunca percebi que cada tintura tem uma caracteristica diferente.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que você não pinta!!!!!
      Beijos

      Excluir
    2. Nao pinto Edi e tbem nao posso agora....rsrs...masssss os cabelos brancos estao surgindo e ja estao dando dor de cabeca....rsrs

      Excluir
    3. Calllma, que logo tudo se resolve!!!!
      Beijos

      Excluir
  9. Eu sempre classifiquei como tonalizante, henna e tintura, hehehe. Não sabia a classificação correta.
    Uso henna faz alguns anos, não pretendo mudar tão cedo. Mas, agora fiquei curiosa pra saber quais são as contra indicações, pois até agora não tive nenhum problema.

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não sei nada sobre a henna. Vou pesquisar :-)
      Beijossss

      Excluir
  10. Não conhecia todos os tipos de coloração não!! Mas agora deu para entender a diferença entre elas!!

    ResponderExcluir
  11. Eu uso a tinta da biocolor para dar banho de brilho e gosto mto!!!Bjs

    ResponderExcluir
  12. Eu já usei os tonalizantes, tinturas permanentes eu nunca usei e nem pretendo tão cedo...

    Gostei do post Edi, não sabia dessas sub divisões dos tipos de tintura!!

    Beijokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não gosto de química, Carol. Só usarei quando não puder evitar os brancos :-(
      Beijos

      Excluir

Em breve responderei o seu comentário! Obrigada :-)

 
Copyright 2013 Mamães Vaidosas por Edi Mariano