quarta-feira, julho 16, 2014


A doce chegada de Emmie

Que a maternidade já não era novidade pra mim, estava claro. Mas o que veio a mudar na minha vida foi a chegada de uma menina, uma boneca, uma princesa, uma rosinha, encantada e cheia de ternura. Isso porque até então só conhecia, vivia e respirava o mundo azul, pela experiência de ser mãe de um menino, do meu primogênito Dudu. Agora, estou dividida em dois mundos completamente diferentes. De um lado, a energia inesgotável, as brincadeiras mais abrutalhadas e toda a "in"delicadeza de um menino no auge dos seus e 3 anos e 11 meses de esperteza e muita curiosidade. Do outro uma princesa, delicada, calma e tão fofa no seu mundo cor de rosa que chega a me deixar sem ar. Tudo bem que Emmie ainda é um bebê e muita água vai rolar, mas acredito que mesmo que ela tenha herdado a energia do seu irmão, não terá como comparar as pilhas não. Até porque menina sempre vai ser mais calma, mais delicada e mais companheira, enquanto que o menino sempre será mais independente e beeeeem mais pra frente… rs

Enfim, e como todo mundo tem me perguntando a respeito do parto, da experiência, da diferença e outras coisitas mais, fiz um breve resumo de tudo que tenho passado por aqui.


O parto

Como esperado, eu repeti a experiência da cesárea, a qual não me arrependo e considero muito tranquila. O parto foi rápido e a recuperação também está sendo tranquila e dentro dos conformes. 

A recepção pelo irmão 

Ainda no hospital, Dudu conheceu a sua irmã e foi logo se apaixonando por ela. Até o momento não passamos por crises de ciúmes ou algo do gênero. Confesso que na realidade estou até muito admirada pela maturidade e entendimento do irmão, em saber que a irmã é pequena, frágil, que exige muito mais cuidados que ele e que por estes e outros motivos ele tem que ficar mais afastado e sem toda aquela atenção que recebia da mamãe. Resumindo, meu menino tirou a situação de letra e está seguindo a sua vida, muito mais ligado a família, calmo e tranquilo.

A rotina

Quanto a minha rotina posso dizer que ainda estou em fase de adaptação, porque não é fácil administrar casa, cachorro, marido, dois filhos, blog, noites mal dormidas e fazer de conta que nada está acontecendo. Até porque no pós-parto os hormônios ficam totalmente desequilibrados e em função da amamentação levam um bom tempo para voltar ao normal. Enfim, fácil não é mas também não é impossível. Só exige mais atenção, dedicação, amor e paciência. E como nós mulheres somos guerreiras, fortes e superamos tudo, vamos tirando de letra e quando vemos os filhos já estão encaminhados, o cansaço e o sono já se estabilizaram, a rotina lentamente vai se transformando, e tudo vai resultando em uma grande carga de experiência e em muito mais força para enfrentar e aprender com tudo que ainda está por vir. 

O que mais posso dizer? Já estou morrendo de saudades do meu barrigão….

É isso aí! Tirando o cansaço, todo o resto é amor!

Beijos



9 comentários:

  1. Comentei aqui, mas acho que deu erro.. então lá vou eu de novo. rs

    Eu não podia deixar de vir aqui comentar sobre esse post lindo né !? rs

    Parabéns mãezona, de novo..
    Pela princesa rosa e pelo principe azul ser LITERALMENTE um príncipe !
    Aproveite essa fase, vai dá tudo certo... tu vai dá contaa, como smp !

    Amoo vocês e, espero ficar boa logo, pra poder vir aqui pentelhar um pouquinho. rs

    bjssss mamãe coruja ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, minha filhota!
      O que aconteceu contigo? Ficar boa do quê? Não me deixe preocupada! Dê notícias!
      Por aqui tudo em PAZ!
      Beijos

      Excluir
    2. Oláaa Maezona... sua filhota é uma artista (só faz arte) .. então, a patela do meu joelho direito, saiu do lugar, tenho que ficar a maior parte do dia deitadinha, rs
      Tô medicada, fazendo fisioterapia e os exercícios que minha fisio passou !
      Então, é difícil vir para o pc, pra visitar os blogs que amo. (Sumi de todos, rs)
      Acabo sempre olhando o face pelo celular mesmo e como não é a melhor opção acabo perdendo um monte de publicação. rs
      Mas, tô aqui ! rs

      Que bom que está tudo bem aí ^^

      dá uns cheiros nesses seus tesouros por mim.


      bjssssssssss mãe mais lindaaa !

      Excluir
  2. Eu também sinto falta da barriga às vezes. Mas no final da gestação a ansiedade é tanta que você quer ver logo o rostinho do filho. Parabéns e obrigada por compartilhar suas experiências conosco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida
      Obrigada pelo carinho! Estou numa fase muito gostosa com a minha pequena. Estamos nos descobrindo e nos admirando. Principalmente durante a amamentação, que é um momento mágico e totalmente puro, né?
      Nem me lembre do final da gestação, ficamos pra morrer mesmo. Eu que já sou ansiosa, quase surtei…. rsrsrs
      Beijos, querida!

      Excluir
  3. Adorei o relato!!!!!
    Imagino como deve ser cuidar de uma princesa, roupinhas mais delicadas, cores fofas, lacinho na cabeca, brinquinho na orelha e bonequinhas pela casa.

    E o tempo passa tao rapido que, quando menos esperamos, nossos filhos vao se tornando independentes mesmo que ainda o vejamos como bebes que precisam de nossa protecao 24 h por dia!

    Meu mundo eh todinho azul...rs...2 meninos, 7 e 2 anos, isso quer dizer, bola, carrinhos espalhados pela casa , bicicleta e brincadeiras de
    lutas....kkkk.....
    Amo muito ser mae!!!!

    E voce consegue Edi, alias, nos conseguimos, com o tempo aprendemos a organizar nossos horarios e tudo se ajusta!
    Bjos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dani
      Tudo bom?
      Estou numa fase de readaptação e aprendizado, porque o mundo de menina é bem mais delicado, sabe?
      Falar dos filhos é tão bom, nos faz ficar em paz, sentir-se amada por quem de fato nos ama e que nos acompanhará por muito tempo. Ai ai, estou toda boa e babando.

      O seu mundo azul deve ser delicioso também, né? Pela diferença de idade eles se dão bem?

      Beijossss

      Excluir
  4. Que delícia, cheirinho de bebê no ar, que bom que o Dudu está tirando de letra a novidade.... Parabéns pela princesinha, que Deus abençoe muito vc e sua família e com certeza a mulher maravilha aí vai dar conta de tudo e mais um pouquinho, pois vejo que o AMOR reina por aí, o resto a gente corre atras...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho, querida!
      Estamos muito felizes e graças ao bom Deus, Dudu está calmo e paciente com a mamãe ausente aqui. No começo é muito difícil conciliar dois filhos, casa e tudo mais, mas nós vamos nos virando e acostumando com a nova rotina.
      O que importa, é que estamos cuidando de quem merece e nos ama, concorda?
      Beijos

      Excluir

Em breve responderei o seu comentário! Obrigada :-)

 
Copyright 2013 Mamães Vaidosas por Edi Mariano