sexta-feira, julho 24, 2015


Alergia alimentar atinge 8 de cada 100 crianças e pode causar a morte

Os números de incidência das alergias alimentares chama a atenção. Elas atingem de 6 a 8% das crianças abaixo de 3 anos e até 3% dos adultos. Entre os alimentos que mais causam a alergia alimentar estão o leite de vaca, ovos, peixes, frutos do mar, trigo, nozes, amendoim, soja, cacau (chocolate), carne de porco e corantes. O diagnóstico de alergia pode ser feito por meio de testes alérgicos, sanguíneos e cutâneos.

É importante destacar que a alergia alimentar pode ser facilmente confundida com intoxicação ou intolerância alimentar.

“A intoxicação ou intolerância ao alimento ocorre quando o organismo não produz ou produz em pequena quantidade, a enzima gerada pela digestão desse alimento. Já a alergia ocorre quando o organismo não reconhece alguns tipos de proteína presentes no alimento e é considerado pelo nosso sistema imunológico como um agente agressor”, explica a Dra. Lelia Josuá, médica especialista em alergologia e pneumologia.

A alergia alimentar é altamente incomodativa, pois provoca o aparecimento de lesões na pele com muita coceira, diarreia intensa e mal-estar. Dependendo da crise, evolui com edema de glote e pode até ser fatal. Por isso, o tratamento das alergias alimentares é fundamental. A principal maneira de tratar é a dieta e o afastamento do agente causal, assim, com o tempo, a pessoa pode criar resistência àquela proteína e voltar a comer o alimento.

Alergia alimentar atinge 8 de cada 100 crianças e pode causar a morte

“Quem tem alérgico em casa, deve analisar todos os alimentos com cuidado antes de comprar, pois em alguns alimentos encontra-se traços de leite, de trigo, entre outros alimentos altamente alérgenos”, destaca a especialista.

Uma decisão da Anvisa determinou que os fabricantes estão obrigados a colocar de maneira fácil e legível toda a composição dos alimentos nas embalagens de produtos industrializados e, em destaque, quando há a presença dos principais agentes causadores da alergia alimentar.

É indicado que o alérgico tenha sempre um anti-histamínico consigo, prescrito por um especialista para casos de emergência.

"O ideal é encaminhar o alérgico o mais rápido possível para um pronto atendimento se ele tiver contato com um dos alimentos alérgenos. Em caso de crianças alérgicas, é importante que elas sempre saiam de casa com orientações dos pais quanto a o tipo de alimentação que devem fazer", conclui a Dra. Lelia Josuá..

Dra. Lelia Mara Josuá é médica alergista graduada pela Universidade do Rio de Janeiro – UNIRIO - com especialização em alergologia e pneumologia. Possui mais de dez anos de experiência e dedicação exclusiva em Alergologia.

7 comentários:

  1. Ainda bem que aqui em casa nao tive nenhum caso, do jeito que sou apavorada.

    ResponderExcluir
  2. Otima informacao!!!!!
    Meu bebe eh alergico ao ovo (o ovo si, frito mesmo).....nao tem reacao se comer bolo, mas o ovo sozinho faz muito mal a ele...
    Soh descobri pois saiu 2 bolinhas no olho delel, no direito e esquerdo, parece tersol mas vai ficando grande ate estourar, felizmente ele melhorou!
    Fiquei desesperada mas agora sei o motivo das manchas vermelhas pelo corpo e das bolinhas no olho...
    Obrigada pela informacao Edi!!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Graças a Deus nem e nenhum de meus familiares já tiveram esse problema.
    É muito delicado e demorado para a pessoa saber qual alimento está causando alergia.
    Por isso buscar uma alimentação saudáve é a melhor opção.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Meu filho teve intolerância a lactose e foi um período mto sofrido, mas graças a Deus conseguimos identificar logo o problema e ele pode levar uma vida normal.

    ResponderExcluir
  5. Aqui em casa n somos alergicos ,e n tivemos nenhum caso de intoxicação ate agora.Mas ficarei bem atenta quando começar introduzir os alimentos p minha baby.Isso é muito serio .

    ResponderExcluir
  6. Gostei do post, gostei do bate-papo que tivesse lá no grupo e achei super esclarecedor ...
    é muito bom a gente ter as informações necessárias pra que as crianças tenham sempre o melhor tratamento ^^

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! Em breve, retornaremos! :-)

 
Copyright 2013 Mamães Vaidosas por Edi Mariano