quarta-feira, agosto 12, 2015


Parto cesárea, normal ou humanizado?

Desde que engravidei de Eduardinho, tive certeza de que o meu filho nasceria de cesárea. 

Logo na primeira consulta pré-natal, cheguei para a médica e falei: "meu filho (já sentia que era menino), vai nascer de cesárea, ok? Ela não discutiu comigo, respeitou a minha vontade e prosseguiu com a consulta. Depois de me examinar, disse que o meu útero tinha um formato que dificultaria o parto normal, mas que somente na proximidade do nascimento, poderia afirmar com exatidão se teria passagem ou não. Mesmo assim, não cogitei tal hipótese e segui com a ideia fixa na cabeça. Meu marido foi super a favor e me deu total apoio e segurança.

Antes da gravidez eu não conhecia esta médica e pedi a indicação dela no próprio hospital. Quando a conheci, foi amor à primeira vista! Senti total segurança e carinho, como se a conhecesse há anos. Acabamos ficando amigas e ela sempre foi muito direta e honesta comigo.

Na proximidade do parto, Eduardinho ainda sentadinho, dificultava ainda mais a possibilidade de um parto normal, mas eu, eu só pensava na cesárea. 

Chegando na reta final, a minha médica me chamou e disse, já podemos agendar o seu parto, seu filho não virou e como você faz questão de cesárea, podemos faze-la a partir das 38 semanas, pois ele já está grande e com excelente peso. E o que eu fiz? Marquei imediatamente para a data na qual completaria 38 e fiquei muito agitada aguardando ansiosamente o momento do parto. Ainda no último ultrassom o médico me afirmou que eu tinha bastante líquido e que poderia prosseguir até a 40ª semana tranquilamente. Eu fiz de conta que não era comigo e tinha certeza que meu filho nasceria antes. 

Alguma coisa me incomodava, eu ficava inquieta, aflita, queria que a médica fizesse o parto antes e não conseguia nem dormir.

Chegado o dia 25/08/10, data do nascimento do Dudu, corri para o hospital bem cedinho, fui internada e andava de um lado para o outro aguardando ser levada para o bloco cirúrgico. 

Minha médica atrasou e eu já estava a ponto de ter um ataque, justamente pelo mix de emoções. Era uma mistura de ansiedade, medo, aflição e curiosidade. Eu ainda não entendia o que estava acontecendo, mas dentro de mim algo não estava certo. E realmente não estava!

Chegado o momento do parto, quando Eduardinho foi tirado de dentro de mim, estava sequinho, sequinho, sem uma gota de líquido amniótico, e se eu esperasse mais algumas horas, já entraria em sofrimento fetal. Intuição de mãe não falha!

Parto cesárea, normal ou humanizado?

Tenho certeza de que desde a descoberta da minha gravidez, fui totalmente orientada por Deus! Sabia que meu filho precisava nascer semanas antes, tinha certeza da forma do parto, quando peguei o exame de gravidez na mão, sentia que seria mãe de menino, e mais ainda, tinha certeza de que o meu filho chegaria na minha vida para fazer de mim, uma pessoa melhor e evoluída. 

Hoje quando vejo tantas mamães radicais, fazendo campanha para parto humanizado, na banheira, em casa, fico extremamente assustada e insegura, pois elas não fazem ideia de como podem influenciar a vida das mamães e mais ainda, não param pra pensar que cada caso é um CASO e somente o médico em conjunto com a família, tem entendimento e responsabilidade para definir qual o melhor tipo de parto para a mamãe e seu bebê. 

Vocês já pensaram se eu insistisse em parto normal por achar "correto", "bonito" e/ou "na moda" e aguardasse as 40 semanas? Meu filho nasceria morto, por ignorância e irresponsabilidade minha!

E que dor isso traria a minha vida? Uma dor sem fim, a pior de todas! 

Então mamães, deixo o meu breve e verdadeiro relato, como base para que vocês, decidam o que é melhor para vocês, para a sua família, para a vida do bebê que está a caminho, e não para saciar o ego ou para achar que tem que fazer o parto da moda, do momento. 

Eu não defendo cesárea, normal, humanizado, em casa, no carro ou na banheira, eu defendo o parto CERTO para cada situação! E vou além, eu defendo a VIDA!

Bora seguir o certo e não a modinha?

Beijos


28 comentários:

  1. Deus sabe de todas as coisas, que bom que Ele lhe conduziu ao melhor, eu penso dessa forma, que seja feito o melhor pela vida, beijos

    www.saramakeup.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Sara!
      Somente Deus sabe o melhor para todos nós!
      Beijos

      Excluir
  2. Caramba Edi, menina vc é iluminada por Deus!
    Eu estou impressionada e emocionada com o seu relato. Parabéns flor, ñ ah sentimento maior que o de mãe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo carinho!
      É muito bom ter esse feedback e mostrar para vocês, que somos mães de verdade!
      Beijos

      Excluir
  3. Bom acho que você está certíssima, pois eu queria tanto o parto normal mais quando cheguei na 36 semanas já sabia que ele Queria nasce a médica mandou que eu repousase pra que ele não nascesse antes na 37 semanas eu não sentia ela chutando muito e fui fazer uma ultrason pra ver o líquido o líquido estava ótimo dava pra chegar até a 40 semanas só que o meu bebê estava com os batimentos cardíacos fracos aí a minha médica resolveu fazer minha cesaria Aí ele nasceu no dia 05/03)2015 e está aqui super saudável e a minha recuperação da cesaria não foi nenhum "bicho de sete cabeças "foi ótima e rápida. Eu Apoio o Parto certo para cada pessoa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, querida!
      Somente Deus sabe o que é o melhor para nós, e ele nos mostra o caminho!
      Beijos

      Excluir
  4. Defendo o respeito ao direito de escolha da Mãe, independente do tipo de parto/hospital/medico/protocolo. É tanto modismo, ditadura, achômetro que acabam esquecendo da mãe e da vida que ela carrega! Deus deu o dom da maternidade e ela deve ser respeitada por todos(empresas, sociedade, familia e lei). Edi Amiga vc é A Guerreira de Deus !! E nós estamos juntos contigo!! Bjs bjs bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, mãe não se engana e precisa ser respeitada!
      Beijos

      Excluir
  5. Concordo com você, os meus dois filhos nasceram de parto Cesário e nem por isso sou menos mãe, não sinto dores e nem tenho dilatação para nascerem de parto normal, mas tem gente que não entende e crítica o parto Cesário. Um breve relato, minha amiga insistiu no parto normal o bebê não saiu ai o médico fez uma cesariana de emergência, sofreu ela sofreu o bebê, graças a Deus deu tudo certo mas poderia ter dado errado, e você disse tudo devemos defender o parto certo para cada uma. Bjo Sucesso Sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos as melhores mães que nossos filhos poderiam ter!
      Deus sabe como, quando e aonde agir!
      Beijos

      Excluir
  6. Ótimo texto!! Amei!
    Tbm tive minha filha de parto Cesário, desde o início eu já tinha certeza.
    Tudo de bom
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Deus agindo no nosso coração!
      Ele não erra, nunca!
      Beijos

      Excluir
  7. Olá Edi ,graças a Deus vc sentiu q deveria ter seu bebe antes das 40 semanas ,e tudo correu bem.Eu desde q descobria a gravidez já queria ter um parto normal ,por medo da cesaria .Durante a gestação tudo correu bem e c 7 meses minha filha ja estava encaixada ,No dia 13/07/2015 as 06:10 hrs minha bolsa estourou ,tomei um banho e fui p o Hospital .As contraçoes vieram e as 09:59 minha filha nasceu.Gracas a Deus foi tudo tranquilo ,apesar da dor rs. Não defendo o parto normal ,pois acho q cada mulher sabe o que é melhor p si propria .O importante e planejar p que tudo corra bem c a mamae e o bebe . Bjs Edi <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tati, cada mulher tem sua particularidade, sua vontade, sua hora, e tenho certeza de que tudo é orientado pelo DIVINO! Por isso não nos cabem julgamentos, cabe amor e respeito, sempre!
      Beijos

      Excluir
  8. Tive dois partos normais....o segundo era pra ser cesariana pois tive pre-eclampsia...mas com a cirurgia marcada minha filha nasceu uma semana antes...só deu tempo de chegar no hospital, quase nasce na estrada...rsrsrsrs Graças a Deus ocorreu tudo bem mas eu queria fazer a Cesária e a laqueadura e então nao deu certo. Minha filha está completando 5 anos e até hoje não tive coragem de fazer a cirurgia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida!
      Tudo aconteceu no tempo certo, pelo motivo certo!
      Deus sabe o que faz!
      Beijos

      Excluir
  9. Importante que seja um momento tranquilo tanto pra mãe quanto para o RN.Graças a Deus seu parto foi conduZido da melhor maneira Deus sabe de tudo.Meu por exemplo achei que seria cesaria até era da minha vontade(pelo medo)de não dar conta de um parto normal ai o que me acontece,com 6meses ela já virou,tive uma gravidez tranquila sem alterações ou problema algum me vi de frente com parto normal.Tive muito medo sim de algo dar errado e não dar conta mas no fim tudo transcorreu bem e graças a Deus deu conta chorei muito quando peguei ela no meu colo um momento unico.Por isso acho q tem de ser da maneira e metodo escolhido pela mãe desde que não tenha risco nem pra ela nem para filho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente querida. Precisamos acreditar no melhor para nós, não nos apegar à modinhas ou vontades alheias e acreditar em Deus!
      Beijos

      Excluir
  10. Acho incrível a chance da mãe escolher o tipo de parto.. porém, acho mais incrível ainda quando ela abre mão da sua vontade, para que seja feito o que for melhor para o filho tbm.
    Eu não defendo e nem julgo cada tipo de parto não ... até os 30 minutos do segundo tempo, eu queria cesárea... conversando com a minha médica e vendo oq pode ser melhor pra nós dois.. tenho aberto minha mente para o parto normal.. porém, normal apenas até o ponto que, não faça meu filho sofreer.. não viole meus direitos e que seja sempre respeitada a nossa vida :)

    Tipo de parto não me torna mais ou menos mãe.. o que me faz mãe é o amor e o cuidado que tenho com um serzinho indefeso que aprendi a amar e a respeitar desde o POSITIVO naquele exame ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A nossa vontade, é a vontade de Deus, Fany!
      Beijos

      Excluir
  11. Muito bom!!!!
    Todos deveria pensar assim ''eu defendo o parto certo para cada situação"
    Eu também tive parto cesariano e graças a Deus ocorreu tudo bem conosco.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Arrasou, querida!
      Deus não falha!
      Beijos

      Excluir
  12. Devemos fazer o parto necessario para cada situacao, como minha medica me disse: "nesse hospital fazemos o parto conforme a situacao da mae e da crianca, o mais importante eh a saude da mamae e do bebe".
    Concordei com ela e apesar de meus filhos nascerem de parto normal, nao vejo problema se tivesse sido cesarea...isso nao me faria menos mae....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que médica sensata, Dani! Intermediada por Deus! Arrasou!
      Adorei o relato!
      Beijos

      Excluir
  13. No tempo de nossas mães os partos sempre foram normais..em casa com parteiras...sem nenhum corte, óbvio....claro que há algumas complicações nenhuma mulher é igual...organismos diferentes...reações diversas...lógico que com o avanço tecnológico e a mulher mudou sua rotina...trabalha, estuda,...dona de casa...mãe...esposa...amante...tudo interfere. tive minha filha e o parto-forceps, o medico não deixou nenhuma sequela, ela esta agora com 20 anos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deus age em todas as situações e de acordo com a evolução dos seus filhos. Se há vinte anos, as mamães conseguiam ter filhos de parto normal com tranquilidade, é porque naquele tempo era o certo, o viável! Hoje em dia, os corpos/organismos/gerações, mudaram, se adaptam ao clima/hormônios/mudanças genéticas, e Deus segue nos instruindo, nos assistindo, da melhor forma e com todo amor e carinho!

      Beijos

      Excluir
  14. Descobri seu blog por acaso e amei. Estou no processo de engravidar então toda informação é bem vinda. Lindo seu texto, simplesmente perfeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patrícia, no tempo de Deus, você terá tudo que for de seu direito! Tenha FÉ!
      Beijos

      Excluir

Obrigada por comentar! Em breve, retornaremos! :-)

 
Copyright 2013 Mamães Vaidosas por Edi Mariano