sexta-feira, janeiro 22, 2016


EcoLápis Faber-Castell, onde tudo começou

Hoje, recebi um dos presskits mais geniais e úteis que poderiam ter me enviado por aqui.

EcoLápis Faber-Castell, onde tudo começou

A querida Faber-Castell, me prestigiou com lápis personalizados, mas além disso, disponibilizou um encarte, onde posso conhecer todo o ciclo de produção do EcoLápis, desde o plantio da árvore, até o processo final do lápis.

EcoLápis Faber-Castell, onde tudo começou

Além disso, enviou um envelope feito de sementes, para ser plantado. Isso mesmo! Um envelope que poderá se tornar uma ou mais árvores, bastando planta-lo e rega-lo, com muito amor e carinho!

EcoLápis Faber-Castell, onde tudo começou

Acho incrível poder contar com empresas que realmente se preocupam com a natureza e lutam por ela. Sendo a maior fabricante de EcoLápis de madeira plantada do mundo, a Faber-Castell, trabalha exclusivamente com madeira proveniente de plantio, resultado de um projeto que teve início nos anos 80, na cidade mineira Prata, onde a empresa ocupou terras devastadas e impróprias para a produção agrícola, para iniciar a plantação de pinus caribaea, matéria-prima de produção dos seus EcoLápis. 

EcoLápis Faber-Castell, onde tudo começou

Ao todo, a empresa mantém em Prata, 9,6 mil hectares, divididos em 10 parques florestais. Desse total, 3,1 mil hectares são de áreas de preservação permanentes e 6,5 mil hectares de áreas plantadas com matéria prima dos EcoLápis. Hoje, do total de 1.9 bilhão de EcoLápis produzidos por ano no País, 100% possuem a madeira e sua cadeia de custódia certificadas pelo FSC (Forest Stewardship Council), principal órgão internacional na área de manejo florestal sustentável.

A marca, que tem como objetivo estar presente em todas as fases da vida do consumidor, possui a responsabilidade socioambiental entre seus principais pilares e incentiva o consumo consciente.

Show, Faber-Castell! Marcas como vocês, me orgulham e com certeza são a minha escolha por aqui!



0 comentários:

Obrigada por comentar! Em breve, retornaremos! :-)

 
Copyright 2013 Mamães Vaidosas por Edi Mariano