terça-feira, abril 19, 2016


Cellu Destock Overnight de Vichy

Para quem sofre com celulite e gordurinha localizada, hoje deixo a dica de um produtinho super bacana, que desde que comecei a utiliza-lo, em conjunto com uma dieta mais equilibrada e corrida, foi de grande ajuda por aqui. Trata-se de Cellu Destock da Vichy, alguém já usou ou ouvir falar? Vale a pena demais!

Cellu Destock Overnight de Vichy

O que a marca diz:

Cellu Destock é um gel creme não oleoso e não pegajoso, que possui em sua composição 5% de cafeína pura, ativo consagrado no combate à celulite + Adipo-stim™, um revolucionário complexo extraído da raiz de inhame, da castanha de cavalo e do gengibre que auxilia a desestocagem de gordura durante a noite e evita seu armazenamento. A pele fica visivelmente mais hidratada após uma semana. Em duas semanas, a aparência da celulite é reduzida e, em um mês, já é possível sentir a silhueta mais fina.

O que achei:

De fácil aplicação e absorção imediata, Cellu Destock começa a agir já na primeira semana de uso. Particularmente, senti a pele super hidratada e com aparência mais "amena" e lisinha. 

O apliquei nas seguintes áreas: glúteos, meio de coxas e abdômen.

Confesso que mesmo sendo para uso noturno, tenho aplicado sempre antes de correr também. Senti um efeito maior assim, e consequentemente a redução das malditas celulites que insistem em aparecer por aqui.

Outro detalhe bacana, é que o produto rende direitinho. Comecei a utilizar o meu na primeira semana de fevereiro e somente no final de março que ele chegou ao fim. Isso aplicando diariamente (nos dias de corrida) e à noite, conforme recomendação da marca.

A embalagem com conteúdo de 200ml tem o preço sugerido em torno de R$ 129,90 e na minha opinião, vale cada centavinho investido nele.

Enfim, para quem procura uma ajudinha extra no combate às gordurinhas e celulite, vale demais conhecer Cellu Destock Overnight!

Muito bacana!

Beijos



0 comentários:

Em breve responderei o seu comentário! Obrigada :-)

 
Copyright 2013 Mamães Vaidosas por Edi Mariano