quarta-feira, novembro 09, 2016


Diabetes gestacional é fator de risco para futuras mamães

O diabetes, uma das doenças que mais acomete a população mundial, também atinge mulheres grávidas – principalmente àquelas que têm uma gestação tardia. Se não for controlada pode causar problemas até para o bebê. “O diabetes gestacional é um fator de risco, pois está associada a mal formações fetais cardíacas e principalmente no sistema nervoso central”, explica a ginecologista e obstetra do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Tatiana Kluth. 

O distúrbio faz com que a paciente permaneça com níveis elevados de açúcar no sangue por uma diminuição da produção de insulina. A descoberta é feita durante o pré-natal. “É uma doença de possível controle apenas com a alimentação, mas a paciente precisa seguir à risca uma dieta balanceada com controle calórico e horários regulares para a ingestão de alimentos”, alerta a médica. Normalmente, 45 dias após o parto, o diabetes tende a desaparecer.

Para as mulheres que já são diabéticas e fazem uso de insulina subcutânea ou medicações oral ou que sejam candidatas a utilizar, durante a gravidez, o quadro requer ainda mais cuidados. “É um pré-natal de alto risco, porque o uso de medicações precisa ser muito bem controlado, necessitando por diversas vezes de internação hospitalar para controle adequado da glicemia e adequação das doses dos medicamentos”, explica. 

De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Diabetes, no Brasil, cerca de 7% das gravidezes são complicadas pela hiperglicemia gestacional. Entre os fatores que podem agravar o quadro, estão ganho de peso excessivo durante a gestação, obesidade, idade avançada, hipertensão arterial, síndrome dos ovários policísticos, histórico familiar e gestação múltipla. 

Para evitar o surgimento do diabetes gestacional, é importante tomar alguns cuidados. “Manter uma dieta balanceada, saudável, incluindo verduras, frutas e legumes, não ganhando peso em excesso durante a gestação e praticando a atividade física indicada pelo médico são dicas que valem ouro”, ressalta a especialista.


0 comentários:

Obrigada por comentar! Em breve, retornaremos! :-)

 
Copyright 2013 Mamães Vaidosas por Edi Mariano