sábado, junho 24, 2017


Malas, pra que te quero!

Ao longo de todo o mês de junho, várias companhias aéreas vão passar a oferecer uma tarifa mais barata para quem não precisa despachar bagagens. Além disso, as taxas para excesso de bagagem ficarão mais salgadas. Nessa nova realidade, como tirar melhor proveito da mala despachada e até da bagagem de mão? Algumas dicas de quem tem as viagens como rotina ou paixão podem ajudar muito.



1 - Com tudo a mão

Para uma viagem de negócios de dois dias, o diretor de Marketing e Vendas da Rede de Hotéis Deville, Cícero Vilela, revela a tática para levar tudo o que precisa na bagagem de mão. “Para começar, escolha uma mala que respeite as dimensões da companhia aérea e tenha o menor peso quando vazia. Viajar pela manhã bem cedo, para já ir com a roupa do compromisso que terá no destino também ajuda”, diz. O checklist do que vai dentro da mala inclui duas camisas em tons claros, duas gravatas que combinem com as camisas e o terno (o azul é sempre uma boa pedida), um par de meias, duas cuecas e, caso esteja na programação um compromisso mais descontraído à noite, uma calça jeans de boa qualidade, uma camisa pólo e um sapatênis. 

Para economizar espaço dentro da mala, alguns macetes são importantes. “Coloque as meias dentro dos calçados. Camisetas, cuecas e gravatas podem ser enroladas e acondicionadas no fundo da mala ocupando os espaços entre o sapato e a necessaire. Apenas as camisas sociais devem ser dobradas o mínimo possível para não amassar demais”, orienta Cícero.

2 - Despachando, mas sem peso na consciência

Quando a viagem é um pouco mais longa e não é possível abrir mão de despachar a mala, vale o bom senso e o uso inteligente da bagagem para não pagar taxas extras pelo peso ou volumes excedentes. A gerente de Marketing da Rede de Hotéis Deville, Nathalia Tonet, revela que o segredo é apostar em peças neutras e acessórios caprichados. “Um blazer da sua cor preferida e uma calça jeans que vista bem são coringas porque podem ser usados em mais de um compromisso e combinam com tudo. E se as peças devem ser genéricas, os acessórios ajudam a fugir do óbvio e deixam a produção mais elaborada, sem ocupar muito espaço na mala. Cintos, lenços e bijuterias com pedras mais coloridas podem ajudar”, diz.

E como lidar com o grande pesadelo da maioria das mulheres na hora de montar a mala: os sapatos? “Busco viajar com o sapato maior e mais pesado já calçado. Na mala, coloque os sapatos de forma encaixada e na parte debaixo. Se estiver levando mais de três pares é quase certeza que não usará todos. É melhor ver quais são as opções que mais combinam com os looks e programas e dar preferência para esses”. Caso vá levar mais de uma bolsa, o ideal é colocá-la por cima de tudo. “Mas antes de fechar a mala, dê uma nova olhada geral porque sempre tem algo que pode ser retirado”, finaliza Nathalia.

#hoteisdeville #travel #viagem #turismo #mamaesvaidosas #edifortes

0 comentários:

Obrigada por comentar! Em breve, retornaremos! :-)

 
Copyright 2013 Mamães Vaidosas por Edi Mariano